domingo, 24 de maio de 2015

24 DE MAIO - DIA NACIONAL DO CIGANO, DIA DE CELEBRAR SARA, A KALÍ

Hoje Celebramos;

Hoje, 24 de maio – Dia Nacional do Cigano e Dia de Sara Kalí

Com o friozinho que está fazendo, vamos de Zuppa ou Adja (caldos e sopas), pão torrado e muita fé.

Fé no que virá e fé no amanhã, fé na vida, nas pessoas e no nosso trabalho diário.

Baxt hai sastimos tiri patragi
Desejo-lhe sorte e boa saúde.




CALDO DE ABÓBORA COM OSSOBUCO




CALDO DE FEIJÃO COM MACARRÃO E CALABRESA




CALDO DE CENOURA COM ALHO PORRÔ E ALHO TORRADO.



A ela, Sara, a mulher que venceu os mares e que com fé mudou a história do seu povo. Sara não é lenda, Sara é História; é real. Andou pelas areias e sentou nas pedras de Saint Marie de La Mer.


Thiatlô Tai Lom, Manrô Tai Sunkai!”

Que você seja abençoado com o sal, pão e com o ouro!

AMSK/Brasil

domingo, 10 de maio de 2015

AS ESMERALDAS REAIS


Na semana passada nos mandaram esse pequeno espaço de verdade num e-mail.
Mais uma vez Ian Hancock desnuda uma simples verdade e alguém de nome "CiganaDepressão"  tem a honradez de colocar em público.

Sem querer matar o sonho de ninguem, essa é a mais pura verdade, as ciganas e danças da literatura e as ciganas da vida real.
Ficamos felizes de não gritarmos mais sozinhas.

Realidades absurdas como: dançar o hino cigano ou mesmo fazer da bandeira um lenço que na metade da música se joga ao chão, são algumas das muitas que se vê por aí.

Hoje celebramos as mulheres, as mães ciganas que lutaram bravamente na terrível noite de 1943, onde cantaram e dançaram para que seus filhos levassem de lembrança a alegria. No dia seguinte morreriam nas câmaras de gás .

Um carinho pra essa alegria constante e sempre, apesar das agonias e desamores. EXISTEM MUITAS ESMERALDAS REAIS, QUE CUIDAM DAS VENDAS, DOS FILHOS E MARIDOS, ALÉM DE TUDO NAS CASAS.
A elas um abraço e uma reverencia, a Márcia Castilho, Linda, Derli, Dª Saveta, Anne Kellen, Lucy, Soraia, Jaqueline, Marcelina, Valma, Selma, Ana, Lepa, Sophia, Sarah, Mélia e tantas outras, mulheres reais no meio de tantos talvez.
Uma reverencia especial a Maylê Fia, que soube ensinar e ainda ensina a tantos o direito e o respeito de existir.

com eterno carinho, admiração e respeito,

Nós, mulheres da AMSK/Brasil


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SOU CIGANO - Bruno Gonçalves