UM ALMOÇO REGADO A INTERIORIDADES

Azeites, azeitonas, grãos, legumes, assados e ervas..."e a vida ganha força, quando se respeita a alma".

Os tomates, o manjericão fresco e as cebolas torradas. O sal e os azeites temperados, aqui usamos o de alecrim e um sal especial que trouxemos de Tavira - Portugal o Flor de sal de Tavira.


O limão siciliano e os pimentões vermelhos, lavados e cortados. Prontos pra aquecer o corpo e limpar o sangue. 
Toda comida vermelha traz alegria e calor, faz retornar a alegria.


Os brócoles, cortados e regados com azeite e sal.
Limpa os intestinos, ajuda a tirar a raiva, agiliza o corpo.





Não precisa colocar mais que 3 colheres de sopa de água e os brócoles já estão ganhando cor, 1 dente de alho amassado e pronto, feche a panela e deixe por dois minutos. Depois coloque os pimentões cortados, misture e volte a tampar a panela. Eles não ficam mole e perdem a acidez, seu vermelho vivo realça a cor e se tornam adocicados e macios. Não passe de dois minutos e desligue a panela, deixe-a tampada até a hora de servir. Além do mais ficam lindos.
Pra acompanhar um kibe de legumes assado: 500 grs de farinha de kibe (deixe 1 hora de molho em água e exprema bem), misture, azeitonas verdes e pretas sem caroço e picadas (colocamos 20 de cada), 1 cebola grande relada, 2 batatas médias cozidas e amassadas, 1 xícara de chá de hortelã fresca picada, 3 ovos, 1 cenoura ralada, 250 grs de queijo culinário e 200 grs de palmitos picados. Amasse tudo junto e acrescente, o suco de 1 limão, 5 colheres de sopa de azeite e 1 colher de sopa de sal. Volte a misturar bem.
Coloque azeite numa assadeira e ponha o kibe, assente-o com uma colher ou com a mão mesmo, faça vincos com a faca e ponha uns cubinhos de manteiga com sal por cima. Leve ao forno quente por 45' - mais ou menos e sirva com limão partido.



Quando fizemos esse prato, nos lembramos muito do AC, não sabemos muita coisa sobre ele, a não ser os poemas, e isso nos basta. É chegado o tempo das estrelisas, sustentam como no ar suas flores, vivas, fortes, imperiais. Relembram o sutil, mas, permanecem firmes em vida e em força. Não é o que se é, mas o que se faz disso. Belos, firmes e cheios de uma realidade que pouca gente consegue sentir e sobreviver. São mundos distintos que coexistem em perfeita harmonia. Não são honras, são carinhos, não são lisonjas, são lembranças. Pensamos em você.

Os ciganos, os rhom, guardam que quando se encontra alguem, se vê os olhos, as janelas da alma. Mas quando os olhos estão distantes, e quando as histórias são contadas, olhamos o céu e ouvimos mais que palavras, mas a alma que cada uma delas carrega. Ninguem escreve o que não vê, o que não sente e ninguem é capaz de sustentar o que não é. As coisas que trazemos no peito, só a chuva descortina, só a lua abriga, só o sol floresce, as nuvens guiam e os dias fortalecem, assim como as estrelisas. E isso pra nós não é folclore, isso se chama sobrevivência.

Que a magia te conceda sorte,
Cozinha dos Vurdóns

Comentários

  1. Sastipê rromis, dizeis a verdade de forma poética, afinal nossas palôs são assim mesmo.
    Já lí algumas coisa deste blog e gostei muito, parece um dos nossos e não digo rrom, digo das estrelas.
    É chegado o tempo das begônias e das estrelisas, aprendemos com elas as lições da hora.

    5 beijos para minhas gratas amigas e um para o AC.

    rromí zerafim

    ResponderExcluir
  2. Bonito post.
    E estou cheia de fome! Vou já jantar...
    O que é Kibe?
    5 beijinhos, mais um para o AC

    ResponderExcluir
  3. Olá rromí zerafim, as nossas palôs (panelas de ferro)são assim mesmo, boa lembrança. O blog do AC é muito bom, gostamos dos poemas, das verdades em versos e sim, creio que ele olha as estrelas.

    bjs e gestena por ter vindo

    das 5

    ResponderExcluir
  4. Isabel, bom jantar pra vc.
    A farinha de kibe é o grão do trigo moído, pode se fazer assado, em saladas ou frito. Os árabes o fazem muito bem e são muito saudável e gostosos, de qualquer jeito.
    Vou postar uma coleção pra vc e pra zerafim - esse é o prato que ela mais gosta.

    bjs das 5

    ResponderExcluir
  5. Que honra, minhas amigas!
    Deixem que vos diga que me agrada muito o cenário de comer, em boa companhia, uma refeição de legumes com as estrelas por tecto...

    Beijos x5 +2 :)

    ResponderExcluir
  6. Que lindo,queridas!Parabéns pelo artigo(deliciosas receitas sempre!)E tb pela beleza visual das imagens!Adorei!Embebedei-me de cores e sabores...E as palavras do parágrafo final (perfeito!) deu um fecho de ouro puro ao texto! Optchá!As bênçãos de Ikana Sara desçam sobre todas as cinco!

    ResponderExcluir
  7. A honra é toda nossa AC, sastipê, saborear versos de tão expressiva alma, sob um teto estrelado.

    5 bjs x 2

    ResponderExcluir
  8. Sastipê Cezarina, há de se reservar um espaço para o vinho ou um sifrite talvez.

    Nossa cultura, toda ela, se fortaleceu com pessoas de alma boa, nos resta aproveitar os encontros e avançar nos caminhos.

    5 bjs grandes - nais tukê

    ResponderExcluir
  9. Como sempre, uma aula de culinária de 1ª.
    Ia perguntar o que era Kibe, mas já sei o que é.

    O último texto é lindo, tem muito de verdade, de belo. Gostei muito, muito.
    5 beijos doces
    Carlota Pires Dacosta

    ResponderExcluir
  10. Que lindo tudo, como gosto de conhecer pessoas assim!
    O pensamento "ninguém é capaz de sustentar o que não é" encerra tanta profundidade que merece não ser esquecido, guardei-o entre as minhas notas especiais.
    Vou fazer já essa comida vermelha que traz alegria e calor em apenas uns minutos, e que "além do mais fica linda". Como vocês.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito deste almoço com interioridade. Uma bonita refeição acompanhado de estrelícias que ligam bem com AC!:)

    5 bjs! :))))) e um sorriso para AC cuja escrita é encantatória.

    ResponderExcluir
  12. Bjs Carlota, os olhos, as estrelas, enfim...só faltou os doces mesmos.

    bjs das 5

    ResponderExcluir
  13. Maria, e não é que essa comida se parece com você, vai adorar. Bjs nossa linda Maria de Cadiz.

    5 bjs grandes

    ResponderExcluir
  14. Ana, essas flores na realidade são as minhas prediletas nessa altura do ano, mas achei-as parecidas com ele...que bom que acertamos.
    bjs minha querida e boa sorte nos próximos dias, sua estrela vai aparecer...coisas de cozinheira.

    5 bjs grandes

    ResponderExcluir
  15. Que bom aspecto! Vou tentar porque gosto disso tudo!
    Estava com saudades vossas queridas! Cinco beijos para vocês...e continuem a trazer lindas imagens perfumadas, com lindos pensamentos.
    5 beijões

    ResponderExcluir
  16. Essa saudade que o mar embala, entre Brasil e Portugal...um dia diminui.

    bj grande das 5

    ResponderExcluir
  17. Sastipê! Estou sentindo a falta de suas gentis visitas e de seus comentários que tanto incentivo me dão para continuar...!Trebola...Ando Sara!

    ResponderExcluir
  18. Sempre um prazer sentar à vossa mesa

    ResponderExcluir
  19. Querida Cezarina, nos perdoe, mas entenderá porque...bjs, escreveremos pra você.

    devlessa.

    ResponderExcluir
  20. Sempre um prazer tê-lo por companhia.

    bjs das 5

    ResponderExcluir
  21. Caras C.V.,

    As estrelícias têm a particularidade de se renovarem várias vezes depois das suas pétalas murcharem. Basta puxar a pontinha que sobra, e as pétalas surgem de novo em leque. Tenho-a como uma flor muito especial, que resiste e se "reergue" repetidamente ao longo da vida. Considero-a, pois, uma inspiração. E sem dúvida que o foi para vocês também. Parabéns pela sensibilidade e por humanizarem um mundo que é tudo como essencialmente "artificial".
    5 fortes abraços!

    ResponderExcluir
  22. Que lindo R, disse-o muito bem. Estamos nos reerguendo sempre, afinal esse é o sentido da caminhada. bjs grandes e obrigada por vir.

    ops; bom gosto o nosso né???

    ResponderExcluir
  23. Gostei a valer!
    E que apetite ...mesmo sendo 22:23 comeria de novo!
    Abraco

    ResponderExcluir
  24. Queridas,o vosso email não chegou...Meu endereço de mail é: cezarinacaruso@gmail.com
    Gracias pelo carinho e atenção,sempre!Thiumidau ay dzorlo angali!Le Deuleske Blagoe!

    ResponderExcluir
  25. Olá Catarina,

    sirva-se, a qualquer hora é sempre bem vinda,

    abraço de todas nós.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sejam todos bem vindos.

Postagens mais visitadas