domingo, 9 de novembro de 2014

DOCE DE LEITE DA PALMIRINHA

E que pode estar em qualquer barraca, casa ou rancho de ciganos. Gostoso, bonito e cheiroso.

O resto é só lamber os beiços.

Cozinha dos Vurdóns

13 comentários:

  1. Oi gente!

    Coisa boa demais!!
    Com um queijinho branco fresco então...hummmm!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demais da conta.

      Sobremesa de rei.

      bjs nossos ... o queijo também.

      Excluir
  2. Isso é que é uma guloseira!!!
    Tenho que experimentar...
    Outro dia fiz umas bolachinhas que os filhos adoraram. Na próxima vez há foto e reportagem
    7 Beijos brilhantes minhas princesas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garota ... nasce uma estrela dos vurdóns.

      bjs muitos

      (quero ver as fotos)

      Excluir
  3. Simples como bom dia! E bom de certeza... Um beijo grande como o mundo, para as minhas "doces" amigas.
    Um beijo do falcão...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do bom dia e de te ver por aqui.

      estamos precisando mesmo desse beijo do tamanho do mundo e de dias mais doces.

      bjs muiiiiitos amiga.

      Excluir
  4. Oh, que belíssimo aspecto!
    Mais uma receitinha que vou guardar. :)

    Beijinho para todas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fácil né GL, porém muito gostoso e com muitas possibilidades.

      Vai na panqueca, no pão, não torrada, no QUEIJO, na nata fresca .....

      bjs muitos

      Excluir
  5. Tem excelente aspecto!
    Deve ser bom:)

    Beijinhos doces para todas:) Boa semana:)

    ResponderExcluir
  6. e é Isabel, podemos dizer que nesse país, chamado Brasil, de extensão continental, ele faz parte dos doces mais pedidos e amados. Difícil alguém que não goste.

    bjs nossos

    ResponderExcluir
  7. Minha a intolerância a lactose melhorou e o médico pediu para utilizar leite zero, eu fiz esse doce utilizando esse leite e ficou uma delicia

    ResponderExcluir

Sejam todos bem vindos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SOU CIGANO - Bruno Gonçalves