MULHER CIGANA


 Filomena Franz
 
 Nascida em 1922 em Biberach an der Riss, aos sete anos, ela ganhava a vida como dançarina (folclore) e cantora em um grupo de teatro. Em 1943, ela foi enviada para Auschwitz, e depois para os campos de concentração de Ravensbrück e Oranienburg. Da guerra só lhe restou um irmão, todos os outros 9, não resistiram . Ela escreve em sua maioria contos ciganos e organiza leituras literárias nas escolas e universidades e vive em Rösrath perto de Colônia.  


Em agosto de 1995 ela foi premiada com a "Cruz de Mérito Federal" Bundesverdienstkreuz- a mais alta condecoração civil que confere Alemanha. Ela foi a primeira Sinti agraciada com o prêmio para ela "se esforça nas atividades após o entendimento e a conciliação."

 Tortinhas de alho poró


Prepare o recheio:
1 alho porô, cortado em fatias,
salsinha e manjericão fresco,
azeite e sal,
amasse dois dentes de alho.

A massa:
Ponha tudo no liquidificador:
5 ovos,
1 colher de sopa de manteiga,
1/2 xícara de leite,
1 xícara de café de farinha de trigo integral e uma de farinha de arroz,
sal e uma pitada de pimenta,
Agora misture e não bata:
1 xícara de café de queijo culinário ou requeijão
1 colherinha de fermento.

Mistue tudo e coloque em forminhas pra assar, essas são de silicone - e viva a evolução, sem untar. Forno quente.
Com 30' você já pode ver se estão prontas - deu 12 forminhas. Fica pronta quando o palito sair limpo.
E seguimos pensando na vida e nas coisas que precisam ser feitas.

Cozinha dos Vurdóns

Comentários

  1. Que bom! Fantásticos para fazer um belo pic nic em família!
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Vera, e são deliciosos.
      bjs nossos e bom fim de semana

      Excluir
  2. Vou procurar mais alguma coisa sobre ela na net.

    As tortinhas cheiram bem...
    Beijinhos amigos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, vai achar mais coisas em alemão e acho que vai gostar.

      bjs e que deus conserve esse olfato tão apurado rsrsrsr

      bjs muitos

      Excluir
  3. Excelente memória

    Nem tudo é mau nas Alemanhas

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Uma história de superação e compromisso com uma causa. Todos precisamos de exemplos edificantes e, por isso, agradeço-vos esta apresentação.
    E as tortinhas parecem deliciosas... e bem saudáveis :)
    Beijinhos e bom domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. È sempre bom sabermos que podemos superar situações, que é possível construir algo, mesmo após a devastação.

      bjs nossos

      Excluir
  5. Fiquei curiosa com os contos ciganos.
    As tortinhas são muito do meu agrado, eheh.
    7 beijos brilhantes

    ResponderExcluir
  6. Congratulo-me com a alta distinção dada a uma mulher que passou pelo mais negro traço histórico de que o homem foi capaz.
    Um exemplo, uma vitória de vida, infelizmente com a perda de entes queridos.
    Parabéns pela postagem repleta de valores, exemplos e carinho. As tortinhas devem ser sublimes!:))
    Beijinhos para todas. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Ana, são traços da história de uma pessoa, uma mulher, um povo.

      bjs pra você de todas nós

      Excluir
  7. Já andei a ver na net, mas não encontrei mais que o que têm aqui. Gostava de ler os contos...
    Beijinhos amigos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ser se te ajudamos a encontrar...bjs grandes

      Excluir
  8. Um exemplo de força e de magnanimidade. Uma combinação rara de qualidades e um exemplo a seguir. Uma "receita" útil e necessária nos dias que correm.

    (assim que tiver oportunidade vou experimentar a receita culinária também. Promete! :)).

    Abraço grande!

    ResponderExcluir
  9. E se fizer, mande fotos ...Uma mulher de fibra e de força. Concordo R.

    bjs grandes

    ResponderExcluir
  10. Quantas vezes temos de fazer a pergunta: como se pode sofrer tanto? A resposta é sentirmo-nos envergonhados de queixarmo-nos pelos nossos problemas, ter um pouco mais de pudor e procurar também ser um pouco mais forte.

    Eu faço muitíssimo os "alhos porô" ( suponho que é o que aqui se chama alhos porros), simplesmente troceados e fritos numa gota de azeite com sal e pimenta, mexendo sempre, e estão riquíssimos, com que essa receita deve ser uma maravilha!
    Beijinhos grandes .

    ResponderExcluir
  11. Gostei da sua receita e vou fazer pra mais um domingo de reunião.
    A gente já te falou essa semana que te ama muito???

    bjs muitos

    ResponderExcluir
  12. quando eu estava na casa da minha mãe (no fim do ano), fiz um pão recheado com purê de mandioca (ou macaxera) e alho poró (aliás, essa sua combinação de ervas deve ter ficado com um cheiro enlouquecedor). imagino que essa mistura de purê de mandioca possa combinar com sua massa.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Daniel, tudo com mandioca ´divino, então sugiro um purê de macaxera com essa recheio e queijo por cima rsrsrsr quem mandou perguntar pra mineiro???

    bjs de todas nós

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sejam todos bem vindos.

Postagens mais visitadas