segunda-feira, 16 de julho de 2012

CONVERSAS NA COZINHA - NO BRASIL E NO MUNDO

"A história dos Rromá é feitas de perseguições, aflições, contrastes e muito, muito desconhecimento por parte das autoridades locais nacionais. Na europa essa história é feita de agressões e atos de vandalismo, assassinato e perseguições." 


Resumindo ... trabalhar é a saída. Dialogar e sensibilizar devem ser as palavras de ordem e para quem pensa que isso é feito do dia pra noite, que já se cansou e que não tem jeito mesmo ... respire fundo, contra a discriminação e o preconceito, se luta todos os dias.

OPRÉ RROMÁ

No blog espanhol da Union Romani - aqui -  e no brasileiro do Holocausto Documentação Histórica - aqui - temos a notícia da morte do Juiz Tcheco, que condenou um grupo de extremistas da direita e os colocou atrás das grades por matar e incendiar uma família de ciganos. O fato ocoreu em 2010 e na semana passada o Juiz é encontrado morto, degolado.


No Brasil, começamos a andar com os pés em terra firma e as ações do governo, atravês da SEPPIR em prol do entendimento sobre essas questões, começam a aparecer com nomes reais. 


Agora a palavra CIGANOS aparece nessas ações. Concretas e acertivas com certeza. aqui - Isso é motivo de comemoração.

Será realizado de 20 a 24 de agosto, em São Luís do Maranhão
De segunda a sexta-feira próxima (20 a 24/08), São Luiz do Maranhão sedia mais uma etapa da quarta edição da atividade, que foi iniciada em 2010.


“A idéia é que o material resultante nos dê condições de criar procedimentos comuns, que possam ser divulgados a outros operadores do Direito, para eles lidarem da melhor forma possível com esses povos que estão em condição de extrema vulnerabilidade”, explicou a secretária de Políticas para Comunidades Tradicionais da SEPPIR, Silvany Euclênio.


Também segundo a gestora, o objetivo é que os defensores atuem extrajudicialmente em situações de conflito, proponham ação civil pública e entrem com ações junto ao poder público, a fim de garantir benefícios de prestação continuada às comunidades quilombolas, aos povos tradicionais de matriz africana e de cultura cigana. “Esses servidores estão se especializando para que o poder público possa ser aliado na garantia dos direitos dessas comunidades”, afirma o ouvidor Nacional da SEPPIR, Carlos Alberto Souza e Silva Júnior.


Assim sendo, precisamos de 500 assinaturas para que os Ciganos comecem a aparecer nas questões do Avaaz - por hora na europa e depois por aqui. O que precisa é começar. Assinem a petição, coloquem nas redes sociais e nos ajude a começar a aparecer mais ainda no mapa mundial. Aqui.


Por fim, a AMSK/Brasil, luta e acredita que não existem separações entre a aprendizagem e o esforço. Que precisamos entender que se juntarmos os esforços e avanços no mundo todo, sobre as questões ciganas, vamos avançar e muito. Essa é a hora de somar.

Cozinha dos Vurdóns
cozinhando entre amigos. 

36 comentários:

  1. Olá Meninas

    Em meio a tantas notícias de violência, uma boa notícia, defensores sendo capacitados para lidarem com a defesa dos direitos de comunidades tradicionais, enfim o reconhecimento da necessidade de prover um povo de seus direitos sem descaracterizar-lhes.

    Vou votar e divulgar como puder. Fiquei impressionada ao falar em meu post sobre as crueldades e violências sofridas pelos Rromá, o espanto que causou nas pessoas, a maioria que comentou disse desconhecer tais fatos, portando fica para mim muito claro que divulgar amplamente é necessário, tudo fica em uma esfera muito fechada, a grande massa segue alheia a tudo, fazer o mundo saber das discriminações, violações de direitos e também das conquistas, creio ser fundamental, acho que não se pode respeitar aquilo que não se conhece, não se pode defender quem não sabemos que está sendo atacado, precisamos espalhar aos sete ventos.

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van, boa a sua experiência, é isso mesmo. A grande maioria desconhece, ignora a realidade do nosso país e dos outros, quando se trata de romani - ciganos. Infelizmente, quase a totalidade de sites e blogs sobre ciganos não se cansa de reproduzir estereótipos e magia, outro assunto polêmico relacionado aos ciganos. É triste, mas o silencio também causa estragos e as vezes sem volta. Temos de apoiar essas idéias e atuações do governo, temos de reagir com conhecimento, informação, cultura e paz.

      bjs de todas nós e nais tukê por entrar na briga da sensibilização.

      Excluir
  2. Na verdade essa luta de que falam é uma luta diária, que não dá tréguas a quem a trava.
    Diálogo tem que ser a base de tudo. Só que às vezes as pessoas não querem ouvir.
    Beijinhos amigos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por esse motivo, querida isabel, vamos cudar da garganta e torcer para que nossos ouvidos saibam escutar. É sempre uma via de duas mãos, cuidemos de esclarecer e de compreender.

      bjs grandes.

      Excluir
  3. O esclarecimento e a posterior compreensão da Verdade desfaz as nuvens do preconceito e da discriminação!Continuarei no meu trabalho de formiguinha...Façamos a nossa parte!
    Que Sara nos dê forças redobradas e coragem diante das dificuldades!Que Ikana Sara as abençôe ! Beijo zíngaro em suas mãos,minhas queridas!Devlesa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é exatamente esse trabalho de formiguinha que faz a terra se deslocar. Adelante Cezarina, que Sara e Deus nos dê força.

      bjs e muitos de todas nós

      Excluir
  4. Fiquei arrepiada com o que aconteceu ao juiz tcheco por defender a causa romaní, e satisfeita por saber que a "locomotora da briga" se pôs em marcha com esperança e brio, que as possibilidades de ir conseguindo coisas são cada vez maiores, pois a união faz a força, e os resultados vão começar a notar-se de certeza.
    Vou votar, enquanto lhes desejo os maiores logros do mundo.
    É tudo o que posso fazer, e mandar-lhes uma vez mais o meu respeito e a minha amizade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa realidade que agora começa a chegar a mais e mais pessoas é realmente assustadora, mas não irá paralizar o avanço e a vitória. Começamos e temos a certeza de que veremos os frutos.

      Sua amizade nos fará atravessar o mar Mar.

      bjs muitos.

      Excluir
    2. Oi gente,

      Fiz um post no Canto Cigano com a votação, divulguei no TT, no Google+ e no agregador de blogs que participo, lá no agregador outra amiga republicou meu post. Contei pelo menos 20 amigos que disseram ter votado e alguns votaram e divulgaram a votação.

      Mais do que apenas darem seu voto as pessoas estão "descobrindo os ciganos", tomando conhecimento de suas necessidades e das privações a que estão sujeitos.

      As formiguinhas estão trabalhando. Avante!

      Bjs

      Excluir
    3. Nais tukê pelo carinho e pela entrada de cara na luta. Precisamos dar a realidade e torcer para que as pessoas não fiquem sentadas apenas olhando. Formigas eficientes fazem muito querida Van, sejamos assim então.

      Plantando flores...bjs nossos com muito carinho.

      Excluir
  5. Neste sistema lobo do Homem

    todos somos ciganos
    injustiçados

    ResponderExcluir
  6. Queridas amigas, acabei de assinar a petição. Sabem que estou convosco a 300%!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como não sentir o seu afeto e seu carinho bravo amigo, poeta querido.

      adorei os 300%

      bjs nossos e meus.

      Excluir
  7. E porque não consegui comentar este post, ontem???
    Aiai, foi boicote.
    A petição já está assinada.
    São situações destas que nos fazem pensar "Valerá a pena?" Vale! Claro que vale a pena. Independentemente da raça, credo, sexo, somos humanos. Tem que haver respeito por todos os seres humanos.
    Caminhamos em frente, um caminho que já não tem volta, nem paragem. Avançamos pouco a pouco, mas com segurança.
    7 beijos brilhantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E haverá alguém nessa terra capaz de dizer que não somos irmãs??? todas nós???

      Impossível, o amor por Sara, o amor de Deus tem nos unido, nessa estrada chamada "povo romani".

      bjs muitos e sempre com gratidão.

      Excluir
  8. Gente um bom dia a todos fico feliz em saber que muitas formiguinhas estão lutando por uma causa justa,pois assim me da mais coragem de ir em frente, por que sei que não estou sozinho que Deus abençõe a todos e a todas que estão conosco, o Del te suntchol savorren.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido pastor Mille, amigo e irmão;

      Estamos todos juntos, num único objetivo, acima de convicções pessoais, de estrelismos e das vaidades.

      Estamos unidos pelo laço indisolúvel do respeito, amor e caridade, todos contra o racismo.
      Não somos muitoas, mas estaremos sempre no coração e nas orações de todos os nossos amigos, afinal, somos todos um.
      Opré rromá.

      devlesa.

      Excluir
  9. Bom dia gente, eu estou muito satisfeito por saber que tem muita gente por esta justa causa,só assim vamos ser vencedores para que o RACISMO CAIA POR TERRA EM NOME DE JESUS,O DEL TE SUNTCHOL SAVORREN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostamos tanto que estevesse vindo que postamos os dois. Deixa aí, não apaga não.

      O povo cigano se levanta em nome de Deus, contra a ignorancia e a doença que é o preconceito.

      um abraço apertado e confiante de todas nós.

      Excluir
  10. Também pus no Facebook e reenviei para os amigos! É importante que seja divulgado!
    beijões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso nossa grande e querida amiga. Bjs e que Deus a abençoe.

      bjs de todas nós.

      Excluir
  11. "No Brasil, começamos a andar com os pés em terra firma e as ações do governo, atravês da SEPPIR em prol do entendimento sobre essas questões, começam a aparecer com nomes reais", e eu fico feliz que os ciganos sintam que estão sendo incluídos , assim como eu estou feliz ao ler esta frase, pois fui nas barracas buscar os ciganos para participarem pela primeira vez da conferencia de igualdade racial no meu estado e assim incluirmos sua etnia nas propostas do nosso estado, bem como no GT da CNE, onde acrescentamos o nome ciganos, que estendeu-se ao MINC, como também na reuniâo tecnica de educaçao em direitos humanos, além de outras iniciativas em defesa dos povos ciganos, contra todo tipo de preconceito e pela garantia da cultura e da tradição cigana no meu Estado e no país, como servidora do estado sei da responsabilidade que todos devemos assumir pela implementaçao de politicas de igualdade racial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palavras acertivas minha cara, muito do trabalho começou assim, de barraca em barraca, mostrando que valia a pena começar. E todos nós, em muitos estados e de muitas formas começamos, e valeu a pena e valerá ainda e cada vez mais lutar pela valorização e o reconhecimento desses quase ou mais ou menos de 800 nil ciganos brasileiros. Precisamos de dados, precisamos de números,precisamos de educação, trabalho, dignidade e coragem. Precisamos de amigos e pessoas como você e como muitos outros que de forma anônima vêem sofrendo, lutando e torcendo pela políticas de igualdade racial no nosso país e no mundo.

      Seja sempre bem vinda,

      um abraço das cozinheiras.

      Excluir
  12. Já assinei e fiz um simples post, pedindo a todos o carinho de assinarem.

    Estou feliz por tudo isso.

    opré romalé.

    zerafim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo apoio amiga, obrigada pela sua felicidade porque juntas vamos plantando flores zerafim.

      bjs nossos

      Excluir
  13. Só agora li a petição e podem contar comigo.
    Porque:
    «Não basta abrir a janela

    Não basta abrir a janela
    Para ver os campos e o rio.
    Não é bastante não ser cego
    Para ver as árvores e as flores.
    É preciso também não ter filosofia nenhuma.
    Com filosofia não há árvores: há ideias apenas.
    Há só cada um de nós, como uma cave.
    Há só uma janela fechada, e todo o mundo lá fora;
    E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
    Que nunca é o que se vê quando se abre a janela.»

    4-1923
    “Poemas Inconjuntos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa, Lisboa: Ática, 1946 (10ª ed. 1993). - 75.
    1ª publ. in “Poemas Inconjuntos”. In Athena, nº 5. Lisboa: Fev. 1925.

    Beijinhos! :))))))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que poema lindo Ana, tão antigo e tão atual.

      Que possamos ver realmente, assim que abrirmos s janelas.

      bjs nossos e obrigada por votar.

      Excluir
    2. Oi gente

      Voltei pra contar, porque me emocionou...

      Hoje o site diHITT onde a Dany, minha companheira de postagem no blog, e eu, participamos e fizemos posts sobre a petição do Avaaz e a Historia dos ciganos - a Dany postou uma série de videos do YT narrados por Jade Camargo - postei mais algumas informações que li no Baxtalo's blog e isto provocou uma verdadeira onda cigana no diHITT, uma site grande, hoje quase todo Rromá, várias pessoas indicaram os posts, alguns os republicaram, vários debates sobre a condição de vida dos ciganos, várias descobertas feitas pelos participantes de lá, gente comentando que foi até a Wikipédia saber mais sobre ciganos, outros debatendo e levando questões maduras, queria vocês por lá para verem que bacana! As pessoas se envolvendo, se interessando, votando na petição, o site quase todo falando sobre ciganos, todas as notícias sobre os ciganos no topo das votações, foi um dia Rromá no diHITT, sei que isto é bem pouco, muito menos que seria o ideal, mas me alegrei em ver que há possibilidade, se não deixarmos a divulgação morrer se contribuirmos diariamente para que mais pessoas saibam da condição do povo cigano, sei que estaremos contribuindo para a mudança de opiniões e conceitos. Hoje não se falou de cartas, nem de danças ciganas, hoje se falou de povo, de gente, gente que sente, que sofre, que precisa e, foi muita gente que falou ou leu sobre isto.

      Longe de qualquer vaidade, bem perto da necessidade de tirar o povo cigano da invisibilidade, me enchi de esperança e quis traze-la para reforçar a de vocês.

      Beijos

      Excluir
    3. Oi Van, a notícia é pra lá de boa, vamos em frente. Vamos nos cadastrar.

      Mantenha sua felicidade e vamos conseguir, todo mundo junto vai fazer com que a coisa ande de forma mais verdadeira e real e essa realidade precisa sair do anonimato.

      bjs de todas nós.

      Excluir
  14. Queridas amigas, também já assinei a petição.
    Estou certa que o número 500 vai ser ultrapassado com facilidade. Felizmente existe muita gente que luta pela igualdade de direitos, que luta contra o preconceito.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cláudia,

      obrigada pelo carinho e pela força, vamos passar dos 500 sim.

      bjs grandes de todas nós.

      Excluir
  15. O número vai aumentando... Já coloquei a petição no Facebook.
    Estou de férias, mas como escrevi um dia destes à Isabel, estou de férias do trabalho, não dos amigos!... Com esses quero estar sempre.
    Beijinhos para todas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que assim seja querida, boas férias do trabalho e que bom que não está de nós.

      bjs e vamos torcer.

      Excluir
  16. Claro que também assinei, amigas !
    E enviei a muitas outras e outros amigos !
    Beijos terninhos e solidários aqui do Alentejo !
    Mamé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijos recebidos do Alentejo são especiais heim!!!

      Obrigada por estar sempre perto, já estamos quase conseguindo.

      bjs nossos

      Excluir

Sejam todos bem vindos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SOU CIGANO - Bruno Gonçalves