quarta-feira, 11 de julho de 2012

A RESPOSTA E O NOSSO MUITO OBRIGADA

 Nos perguntaram porque estavamos tão envolvidas nos assuntos Rromani!
Eis a resposta...

 Obrigada Sara por iluminar nossas convicções.
Afinal, uma pessoa sempre responde com a sua vida inteira às perguntas mais importantes. Não importa o que diz entretanto, com que palavras e argumentos se defende. No fim, no fim de tudo, com os factos da sua vida responde às perguntas que o mundo lhe dirigiu com tanta insistência (…): Quem és tu?... Que querias realmente?... Que sabias realmente?... A que foste fiel ou infiel?... A quê ou a quem mostraste ser corajoso ou cobarde?... (…) O importante é que no fim, uma pessoa responde com toda a sua vida.    Sándor Márai, As Velas Ardem Até ao Fim, D. Quixote, pp. 88-89.

Um arroz de forno para agradecer a Falcão, a Cezarina, a Maria, a Zerafim, a Isabel, a Sara pela RESPOSTA, a Mame,ao AC, aos Rromani, a Kalim, a Ana, a R, ao Eufrázio, a Van, a Carlota, a Cláudia, ao Daniel e a todos os que torcem por dias melhores.
                        
 Os ingredientes:
1 colher de sopa de manteiga de salvia ou comum com sal,
1 tomate grande picado,
3 dentes de alho amassados,
1 cebola bem picada,
queijo prato - 150 grs,
presunto cozido - 150 grs.


2 canecas cheias de arroz já pronto, o nosso é com brócoles.
1 pote de nata fresca - 200ml

Reserve 1 xícara de queijo ralado - curado e reserve o queijo prato picado.



... refogue o tomate, a cebola, o presunto, a manteiga e todos os temperos ... salsinha, cebolinha e etc... o que achar melhor.




Junte o arroz, mexa e acrescente 1 xícara de água e deixe ferver.
Depois desligue o fogo e prepare um refratário sem untar, de preferência de vidro.
Misture com o fogo já apagado a nata fresca, o queijo prato. Coloque no refratário de vidro e por cima o queijo ralado. 


Coloque no forno por 30 minutos e enquanto isso, faça um alho poró frito pra acompanhar.
Depois é só servir e pensar que quando se luta, corre, se descabela as vezes - tipo eu com a máquina de fotografia aqui, noites sem dormir pensando numa solução ... basta lembrar de amigos, longe ou perto, que atravessam as estrelas e te dão um beijo na testa ... eu também sou cigana ... Maria, nunca vamos esquecer isso, essa capacidade que cada uma de vocês e tantos outros e outras de estarem do outro lado do Atlantico e tão perto de nós.
Um arroz dedicado a vocês,
que Deus multiplique os seus dias, 
como os grãos de mostarda,
como os grãos de arroz.





 com carinho

Cozinha dos Vurdóns

27 comentários:

  1. Ganhei um presente!

    Jamais poderia imaginar que havia um presente aqui para mim, quando de lá do CANTO CIGANO resolvi vir ver o que vocês estavam cozinhando,a emoção tomou conta, porque, se tem algo que emociona, é a gratidão, se tem algo que mais demostra amor é cozinhar para os amigos, alimenta-los de afeto e prazer.

    Obrigada! Muito obrigada!

    Sento-me à mesa com vocês e ergo minha taça brindando aos dias melhores, à compreensão de que somos iguais. Mais do que sermos iguais, formamos um só povo, com aqueles com quem nos identificamos.

    O que distingue um homem do outro, não é a sua raça ou sua etnia, é o amor que ele traz em si e o bem que ele é capaz de gerar.
    Não faz nem uma semana que comentei com alguém que desejava comer um arroz de forno, farei este e o servirei em honra ao povo Cigano, estarão todos à minha mesa, seremos um só!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van,

      Pois pode puxar o banco e se sentar, estaremos sempre pensando nos nossos amigos, verdadeiros de lutas e de conquistas. Obrigada por levantar a sua voz e a sua escrita pelos rromani em todo o mundo.

      São pequenos gestos que fazem a diferença.

      bjs nossos

      Excluir
  2. Queridas amigas
    mais que o arroz que parece delicioso, agradeço a vossa amizade.
    Não sou uma lutadora, nem pessoa de grandes causas. O que sei fazer é no dia-a-dia com os que me rodeiam, principalmente os meus alunos e famílias. Tenho a certeza que muitas sementes ficam. E eles são o futuro. Tenho esperança.

    "As velas ardem até ao fim" é um livro muito belo sobre a amizade.
    E é com amizade e admiração que deixo um grande abraço para todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja como são as coisas isabel,

      hoje o que os rromani mais precisam é que sua história seja contada, que respeitem sua forma de viver e que respeitem o diferente. É exatamente isso que vc faz, é exatamente nesse pedaço importante das nossas vidas - a escola, e nesse local que nos dá os primeiros valores de seres humanos - família é que vc se encontra e é onde vc planta a semente do futuro.

      Se vai dar certo, nem os movimentos grandes e nem os pequenos podemos afirmar, sabemos que é preciso tentar é isso que estamos fazendo. cada um a seu modo, cada um do jeito que pode e sabe.

      Isso se chama esperança.

      sinta-se apertada de tantos abraços...bjs nossos

      Excluir
  3. Amigas, tanto a Van como a Isabel já escreveram o que sinto e penso.
    "O que distingue um homem do outro, não é a sua raça ou sua etnia, é o amor que ele traz em si e o bem que ele é capaz de gerar" - quanta verdade nestas palavras. Mas também não se pode dar o que não se tem. E, se muitos "dão" ódio, maldade,... porque são esses sentimentos que têm dentro de si. E, é aí que quem tem amor deve actuar. Ao
    A nossa atitude, a nossa postura/comportamento no dia-a-dia como diz a Isabel é fundamental e marca a diferença. É preciso "semear" todos os dias, incansavelmente. Mais do que palavras, é a acção, é a nossa postura.
    E, seremos sempre lembrados por isso.
    Brindo convosco por um mundo melhor e sempre, sempre pela igualdade.
    "As velas ardem até ao fim" - livro que tenho na mesinha de cabeceira faz meses. Já peguei nele algumas vezes, mas poucas páginas li. Vai continuar lá, até surgir o momento certo, a concentração necessária, para desfrutar da obra... que atendendo às várias opiniões já registadas, merece que não desista dela.
    Até sempre.
    Beijinhos para todas.:))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia, de tudo, um detalhe me fez prestar mais atenção, por isso:

      um ATÉ SEMPRE amiga, de todas nós.

      Excluir
  4. Desculpem a intromissão com um link, mas vocês me inspiram e gostaria de mostra-lhes como: http://canto-cigano.blogspot.com.br/2012/07/sou-cigana-by-van.html.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou muito bom Van, é isso mesmo, a idéias da Maria correndo o mundo: EU SOU TAMBÉM SOU CIGANA.
      O que nos torna todos iguais é a capacidade de sermos humanos, o resto, são desenhos e pinturas da vida. Juntos por um mundo melhor e com muito orgulho de termos feito parte da sua inspiração.

      um abraço apertado,

      de todas nós

      Excluir
    2. Estupenda forma de agradecer aos amigos, com um bom arroz ( acho que o merecemos todos...). Só tenho pena de não poder comê-lo, passo muita fome dos vossos manjares.
      Beijos grandes
      PD. corrijam o "slogan" na resposta à Van, com um "sou" basta...

      Excluir
    3. Então, fique apenas com o nosso amor, ele não lhe fará passar fome.

      bjs grandes e muitos.

      Excluir
  5. Minhas queridas,agradeço pela deliciosa receita,pela menção ao meu nome,pelo vosso carinho e amizade!Naís Tukê!Que Dhieula as abençôe e Sara as segure na palma das mãos!Que seus caminhos resplandeçam cada vez mais em amor,saúde e prosperidade e que a paz esteja sempre em seus corações!Bar Lachi!Sempre com e por Sara!Devlesa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda é vc Cezarina, e fique forte, a luta é árdua, mas será boa. Clic na imagem da SEPPIR, vai gostar de ler.

      bjs muitos

      ando sara.

      Excluir
  6. Agora tive a ideia de colocar o link de vocês lá, pois aqui tenho aprendido muito, gostaria que mais gente aprendesse sobre o povo cigano, suas conquistas e suas lutas. Desculpem não ter pensado nisso antes, foi a precipitação ao postar, vim até conferir para ver se vocês já tinham visto, mas já viram, que pena sem seu link, agora já está lá.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc é um amor, fique a vontade...a cozinha é nossa.

      bjs nossos

      Excluir
  7. Minhas belas Princesas Cozinheiras.
    A refeição parece deliciosa, mas para mim tirava o queijo, eheheh. Mas sento à mesa na mesma e retiro o queijo, pode ser??

    Não precisam agradecer. Nós é que temos que agradecer a vossa amizade, o vosso ensinamento, a vossa alegria.
    Pelos momentos tristes que ainda passam, pelas horas mais amargas, têm a nossa lembrança, a nossa amizade, a nossa revolta. Estamos cá sempre e naquilo que pudermos fazer, contem connosco.
    Um sorriso para vós, para todos os que aqui vêm, e para todos os Romani.
    O luar e as estrelas têm brilhado muito pelas minhas noites.
    A inspiração está a regressar...
    7 beijos brilhantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda, que sua alma seja conservada das coisas tristes. Você é um anjo bom.
      Sabemos que podemos contar e assim o faremos sempre.

      bjs muitos e bom regresso da inspiração

      Excluir
    2. Carlota, vou pensar num arroz de forno sem queijo ...

      bjs meus

      Excluir
  8. Pois me reserve um banco ou uma almofada. Sento-me perto da janela e vejo o dia que canta, a amizade que brinda e a vitória que chega.

    um abraço apertado em todas,
    força, fé e esperança.

    ando sara

    zerafim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reservado ... os dois, pode escolher.

      Vamos pintar com outras cores esse caminho.

      com carinho,

      bjs nossos

      Excluir
  9. Queridas amigas,
    Eu é que agradeço o que me têm ensinado. A tolerância, a luta, o respeito pela diferença. Não tenho palavras. O silêncio por vezes diz muito.
    O livro "As Velas Ardem até ao Fim" é belíssimo, li-o há uns anos numa das épocas difíceis da minha vida e fez-me bem. A fotografia da Sara é muito bonita!
    9 beijinhos. :))))))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes achamos as respostas no silencio e nos fazem bem e nos dão forças para a hora que temos de quebrar o silêncio. Essa é a hora.

      bjs nossos e obrigada por sempre estar junto.

      bjs

      Excluir
  10. Eu é que agradeço! :)) Agradeço a inspiração e o exemplo na construção desta RESPOSTA, sempre coerente, firme e humana. Que esta chama vos ilumine sempre.

    Beijos para todas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levaremos ela conosco Sara, para clarear nossas dúvidas.

      bjs de todas nós.

      Excluir
  11. Venho deixar um beijinho.
    Com amizade.
    Uma boa semana
    Isabel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a torcida Isabel, vamos preparando muitas reuniões e o trabalho apertou para esse meio de ano por aqui.

      bjs muitos de todas nós.

      Excluir
  12. tem um poema, em inglês, que eu gosto muito que é mais ou menos assim

    primeiro eles vieram atrás dos comunistas e eu não fiz nada porque não sou comunista.
    Depois eles vieram atrás dos socialistas, dos sindicalistas e dos judeus e eu não fiz nada porque não sou socialista, nem sindicalista, nem judeu.
    Depois eles vieram atrás de mim e não tinha ninguém que pudesse fazer nada.

    o original é bem melhor, claro, mas eu gosto dessa ideia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é esse Daniel, Brecht disse:

      Primeiro levaram os negros
      Mas não me importei com isso
      Eu não era negro

      Em seguida levaram alguns operários
      Mas não me importei com isso
      Eu também não era operário

      Depois prenderam os miseráveis
      Mas não me importei com isso
      Porque eu não sou miserável

      Depois agarraram uns desempregados
      Mas como tenho meu emprego
      Também não me importei

      Agora estão me levando
      Mas já é tarde.
      Como eu não me importei com ninguém
      Ninguém se importa comigo.

      Gostamos muito dessa idéia também,

      obrigada por vir e por nos ajudar

      bjs nossos

      Excluir

Sejam todos bem vindos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

SOU CIGANO - Bruno Gonçalves